A moda é desapegar

quinta-feira, abril 20, 2017

Quem me acompanha no blog e nas redes sociais sabe que estou em um momento de desapego na vida. Joguei fora quase 300 vidrinhos de esmaltes (sim, pasmem, a ex-consumista aqui cansou), fiz uma limpa no guarda-roupas e conheci projetos legais por aí - um deles é o Project 333 que falei aqui no blog. Atitudes como estas são cada vez mais bem-vindas no mundo, pois estamos passando por um momento complicado em que as formas de consumo precisam ser repensadas. A palavra de ordem é reaproveitar! Mas como fazer isso?
Faça um detox no guarda-roupa!
Foto: Pinterest
Quantas vezes você já abriu a porta do seu guarda-roupa e pensou: Tenho muitas peças que não uso e não fazem mais o meu estilo! Eu, por exemplo, pensei e mudei minhas atitudes. Está afim de ir contra a onda do consumismo? Então que tal fazer um detox no guarda-roupa? Esse processo é simples, só exige que você abra a mente e o coração para o desapego.

O primeiro passo é selecionar peças que você precisa para diversas ocasiões, como: trabalho, casual, festa e eventos. Separe aquelas que têm um valor sentimental e que continuarão em uso por mais tempo. Se não cabe nessa lista, pense duas vezes se merece continuar ali. Não tenha dó de desfazer-se do que já não lhe agrada mais. Fazer uma limpa é bom inclusive para a alma, pois você abre espaço para coisas novas, troca as energias e ainda pode ganhar algum dinheiro com isso. Já parou pra pensar que roupa sem uso é dinheiro parado no guarda-roupa? Então! Desapegar faz bem até para o bolso!

Meus Desapegos
Desde 2013 eu desapego do que já não uso mais, e isso tem transformado a minha maneira de consumir. Depois de tomar essa atitude, além de frear o consumo, percebi que com o passar do tempo vou trocando de estilo, e é muito legal aceitar isso e se abrir para novas possibilidades.
Onde vender?
Bom, depois de praticar o desapego e fazer a triagem das peças é importante tirar uma boa foto antes de publicar para a venda. Eu vendo as minhas roupas e calçados em grupos do Facebook (em todas as regiões do Brasil têm grupos específicos de brechós), por meio de grupos do Whatsapp e também no Enjoei, site nacional que já é tradicionalmente conhecido como o cantinho do desapego. Me segue lá: enjoei.com.br/gerusaflor

Em breve eu vou montar uma lojinha na minha fanpage - Basta acessar o menu "Loja" para conferir as peças disponíveis. Quem tiver interesse, é só entrar em contato comigo pelo botão "Fale Conosco".

Onde comprar?
Ser consciente não é só jogar fora aquilo que não lhe agrada mais, também é experimentar e praticar novas formas de consumo. No mundo da moda, os brechós têm ganhado cada vez espaço ao redor do globo, pois as roupas não são algo simplesmente descartáveis e devem ser reutilizadas para contribuir com a natureza. Então, ao invés de comprar numa fast fashion, por que não conhecer e comprar em um brechó da sua cidade, por exemplo? A lista de vantagens é extensa, incluindo exclusividade, qualidade, além de contribuir com a sustentabilidade e com o seu bolso, pois é possível garimpar muitas coisas bacanas por um preço baixo.
No exterior, os brechós já são algo com muito mais conceito e aceitação, se compararmos com o Brasil, pois ainda estamos nos transformando nessa questão sobre consumo (estamos atrasados). Eu teria uma lista extensa de brechós famosos e bacanas para citar aqui, mas esse é assunto para outro post. 

Bom, mas voltando para cá, selecionei um brechó físico e um online aqui da região que vale à pena conferir:

1 - Armário da Maria Brechó
É um brechó físico e fica aqui em Balneário Camboriú. Possui peças exclusivas de grandes marcas por um preço bem bacana. Pra quem gosta de exclusividade é uma boa opção.

2- Brechó Online: Garimpário - www.garimpario.com
É um site muito bacana de Florianópolis, que conta com peças bonitas, exclusivas e com um conceito vintage jovial. Aceita várias formas de pagamento e envia para todo o Brasil. 

Os brechós online estão cada vez mais em alta. No Brasil todo é possível encontrar vários, de todos os segmentos, mas a moda feminina ainda é a que está mais em alta nesse mercado. Posso citar aqui o Repassa, a Arara Garimpo de Moda e o Vintage & Chic 60, que conta com grandes marcas.

Espero que com este post eu tenha ajudado a vocês a desapegar e a se conscientizar um pouquinho sobre consumo e sustentabilidade. Vocês costumam se desfazer das peças que já não usam e compram em brechós? Conta aqui nos comentários.

Beijos e até o próximo post!

Você também poderá gostar

0 Comentários

Atenção: Seu comentário estará visível após ser aprovado

Curta no Facebook

Receba novidades no seu e-mail

Digite o seu e-mail: