Fashion Revolution promove semana de moda consciente

segunda-feira, abril 24, 2017

Foto: Fanpage Fashion Revolution Brasil
Você alguma vez já se perguntou "quem fez as minhas roupas?". Em busca dessa resposta e da conscientização sobre os processos da moda, o movimento internacional Fashion Revolution quer mostrar ao mundo o verdadeiro custo de uma roupa, além do impacto da indústria fashion no mundo. A partir de hoje (24) até o dia 30 de abril, a organização promove o Fashion Revoltution week em mais de 90 países, que consiste em uma semana de debates, palestras, oficinas e workshops sobre o impacto da moda. Veja em quais cidades acontece a programação aqui no Brasil:

Várias cidades em território nacional foram selecionadas para o Fashion Revolution Week, entre elas: São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Recife, Brasília, Belo Horizonte, Florianópolis, Palhoça, dentre outras. Todos os eventos são gratuitos e qualquer pessoa interessada pode participar.
Na programação, também estão incluídos o bazar e a feira de trocas, em que os participantes podem levar os seus desapegos para trocar de forma livre. 

A programação se estende para Balneário Camboriú, no campus da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI), que começa hoje (24) com projeções de documentários. Amanhã 25/04 acontece a mesa redonda com o tema "Consumo consciente e sustentabilidade, uma nova forma de fazer moda", com a prof.ª Graziela Morelli. E nos dias 26 e 27 de abril, tem a Feirinha de Troca das 10h às 21h.
*Acesse a programação completa no facebook Fashion Revolution Brasil clicando aqui.

Participe nas redes sociais
Se não puder comparecer em nenhum dia do evento na sua cidade ou no local mais próximo à você, saiba que também pode participar pelas redes sociais. Poste uma foto na sua conta do Instagram com as hashtags #fashionrevolution e #quemfezasminhasroupas e faça parte desse movimento. Saiba mais pelo insta da @fash_rev_brasil.

Sobre o Fashion Revolution:
O Fashion Revolution Day é um movimento criado por meio de um conselho global composto líderes da indústria da moda sustentável, que se formou após o desastre do desabamento do Edifício Rana Plaza em Bangladesh, que deixou 1133 vítimas fatais e mais de 2500 feridos, no dia 24 de abril de 2013. O início da programação faz alusão à data, e tem por objetivo promover a consciência acerca de todos os processos que envolvem a moda e sobre impacto que a indústria fashion provoca no mundo, além de mostrar que é possível criar uma cadeia de moda sustentável, sem exploração e abusos e com transparência.

Vou tentar ir à Palhoça para conferir a programação. Participem! A hora de fazer a revolução na moda é agora. 

Beijos!

Você também poderá gostar

0 Comentários

Atenção: Seu comentário estará visível após ser aprovado

Curta no Facebook

Receba novidades no seu e-mail

Digite o seu e-mail: