MFW - Os destaques da temporada fall/winter 2018

segunda-feira, fevereiro 27, 2017

Desfile Dolce & Gabbana. Foto: Getty Images
Enquanto aqui no Brasil está todo mundo relaxando ou pulando carnaval, lá fora teve gente trabalhando duro durante a Semana de Moda de Milão, que acaba hoje! Renomados designers apresentaram as suas coleções para o outono/inverno 2018 e a ocasião também foi marcada por protestos, e teve também brasileiras brilhando na passarela. Vem conferir os destaques!


Alberta Ferretti
A estilista se inspirou em Veneza para criar a sua coleção. Muitas capas com tecidos fluídos e estampa floral compuseram as peças. Destaque para os suéteres com estampa dos dias da semana, já quero uma de cada, por favor!

Emporio Armani
Emporio Armani trouxe muito xadrez e cores clássicas, como o preto, cinza, branco e vermelho para a passarela. A vibe oitentista foi a principal inspiração para a coleção. 

Emilio Pucci
Nas semanas de moda anteriores já vimos que para muitos estilistas o inverno pode ser colorido. E não foi diferente para Emilio Pucci, que apostou em cores vivas para a sua coleção. Destaque para o laranja, rosa e também para os tons de verde que remetem o Greenery - cor de 2017 escolhida pela Pantone. Teve também metalizado e capas com estampa de mandala.

Fendi 
Karl Lagerfeld trouxe referências masculinas para a coleção outono/inverno 2018 da Fendi. Essa mistura deu muito certo. Casacos minimalistas dividiram espaço com blusas transparentes sobrepostas por vestidos. Destaque para o vermelho que promete ser a cor do inverno.

Gucci
O alquimista trouxe looks exóticos para a passarela, com referências em várias culturas e épocas. Destaque para os metalizados, com um caimento impecável.

Moschino
Como sempre, Jeremy Scott leva muito mais do que criatividade para a passarela, ele conta histórias! O desfile foi marcado pelos looks bem excêntricos, que remetiam à embalagens, como, sacolas de compras, embalagens de plástico, caixa de papelão, e teve até modelo com tampa de lixeira como se fosse um chapéu. Com todos esses elementos, o estilista contou uma história de uma loja de luxo que foi à falência. Será que é só isso? Será que também não é uma crítica à forma como estamos consumindo, ao mercado, ao processo?

Missoni
Milão também foi marcada por protestos, e a estilista Angela Missoni entrou para a lista dos que erguem a bandeira pela igualdade de direitos. As roupas trouxeram uma mensagem de inclusão e o desfile foi marcado pelas "pussy cats hats".

Marni
A década de 70 tomou conta da passarela da Marni. Teve muitos looks oversized, além do mix de texturas e tecidos.

N 21
O estilista Alessandro Dell'Acqua se inspirou no arquétipo da moda italiana. Shapes clássicos, cós e golas altas, saia lápis e camisolas volumosas foram algumas de suas criações. A coleção também se destacou com looks all red.

Prada
A icônica Prada também trouxe uma coleção que nos questiona sobre qual o nosso papel no mundo, mas essas informações não estão explícitas nas roupas. Na passarela, muito couro, estampas, xadrez, franjas, botas de cano longo e biquíni urbano (sim, ele existe!).

Versace
Donatella Versace também entrou na onda de protestos e trouxe mensagens sobre igualdade durante os desfiles. Em suas roupas, haviam palavras como "igualdade", "união", "amor" e "coragem". Preto foi a cor predominante. Destaque para as transparências e para o estilo esportivo misturado à feminilidade da marca. 

Trussardi
Sofisticada e clássica, a estilista Gaia Trussardi se inspirou nas cartas de Tarot para esta coleção. Conjuntos clássicos com o emblema T, muito couro e metalizado foram alguns dos elementos da edição fall 2018. 

Salvatore Ferragamo
Elegância, classe e sensualidade foram as palavras-chave para a segunda coleção de Fulvio Rigoni à frente da direção criativa de Salvatore Ferragamo. A coleção contou com muito couro, saias de cós alto e vestidos com um decote levemente em V. Destaque para as luvas que cobriam quase todo o antebraço e para o blazers levemente acinturados. O minimalismo conferiu ainda mais sofisticação.

Dolce & Gabbana
Dolce & Gabbana foi, sem dúvidas, o desfile mais incrível da temporada! Nunca vi tanta diversidade antes numa passarela. Nela desfilaram mães, pais, filhos, animais de estimação, casais de namorados, avós... Os irmãos Domenico Dolce e Stefano Gabbana reuniram mais de 140 pessoas de várias idades e etnias para este verdadeiro show. Inclusive, as brasileiras Grazi Massafera e Marina Ruy Barbosa que orgulhosamente representaram o nosso país. Com o tema #DGMillenals, a marca dos irmãos celebra a diversidade, as pessoas como elas realmente são e a união. Quer mensagem mais bonita do que esta?
E para encerrar o post compartilho com vocês o vídeo do desfile da Dolce e Gabbana. Foi muito emocionante, vale à pena ver.

A Semana de Moda de Milão deu continuidade aos protestos e também trouxe muitas histórias e mensagens de amor e união para a passarela. Vamos agora acompanhar Paris! 

Beijos e até o próximo post.

Você também poderá gostar

0 Comentários

Atenção: Seu comentário estará visível após ser aprovado

Curta no Facebook

Receba novidades no seu e-mail

Digite o seu e-mail: