London Fashion Week Outono/Inverno 2017-18

quarta-feira, fevereiro 22, 2017

LFW Fall/Winter 2017-18. Foto: Tim P. Whitby | Getty
A temporada Fall/Winter da London Fashion Week aconteceu entre os dias 17 e 21 de fevereiro na capital britânica. Muitas marcas subiram na passarela e além de unirem moda e arte, trouxeram uma forte tendência: O mix de materiais. Burberry foi um dos desfiles mais esperados pelo público, além da jovial Versus Versace. Confira alguns destaques:


Versus Versace
A marca jovem de Donatella Versace subiu na passarela com looks cheios de ousadia e sensualidade. Croppeds, fendas, barriga de fora e metalizado foram alguns dos destaques. A beleza também chamou muito a atenção por conta da makeup com uma pegada over.

Burberry
Uma das marcas mais esperadas da temporada - a Burberry - uniu a coleção feminina e masculina na passarela e assim como no Brasil, entrou na onda do "see now buy now". Todas as peças já estão disponíveis lá no site da marca. A coleção foi uma homenagem ao escultor Henry Moore, com referências de sua arte nas peças e também em outros elementos da passarela. O destaque ficou por conta das capas e das camisas cheias de babados.

Simone Rocha
A moda está mudando a sua forma de comunicar, e em Londres isso percebeu-se pelo desfile de Simone Rocha, que levou senhoras acima de 50 anos, super estilosas, para a passarela. A marca além de trazer peças dramáticas, mas ao mesmo tempo tocadas pela delicadeza das flores, provou que a moda não tem idade!  

Gareth Pugh 
O estilista Gareth Pugh criou uma coleção de protesto, com seu estilo gótico e melodramático. Aliás, o estilista odeia os estereótipos da moda, e as peças que subiram na passarela serviram como crítica à sociedade ocidental e ao sistema. Looks bem carregados e elementos como vinil, pelos e uma pegada com alfaiataria foram as escolhas da Gareth. A maquiagem superdramática deu um show!

J.W. Anderson
O estilista trouxe modelagens diferentes para a LFW. Jaquetas de couro extremamente curtas, assimetria, mix de materiais e bolsos utilitários em locais estratégicos foram os destaques. Metalizado e tecidos fluídos fizeram parte dos looks. 

A semana de moda de Londres provou que a mistura de tecidos é possível sim, e que a moda precisa mudar as regras. O mercado fashion está começando a protestar pelo mundo todo, e isso é muito importante para as transformações que vão acontecer.

Em breve tem os destaques de Milão e Paris. 
Beijos, até o próximo post.

Você também poderá gostar

0 Comentários

Atenção: Seu comentário estará visível após ser aprovado

Curta no Facebook

Receba novidades no seu e-mail

Digite o seu e-mail: